Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

The Silver Wing

The Silver Wing

O consumo, consome-te!

Ice Cream Party

Recentemente li esta frase que me deixou a pensar... Nos dias de hoje as pessoas dão cada vez mais importância aos bens e, às vezes, menos importância às pessoas e às relações. Estamos cada vez mais "entupidos" com publicidade ao consumo de uma forma, diria eu, "forçada" o que faz com que uma boa parte de nós ache que o consumo é uma nova forma de felicidade... 

 

Acredito que hajam pessoas que vivem na ilusão de "uma vida perfeita" e acabam por gastar mais do que aquilo que ganham, o que as pode levar, no extremo, a situações de verdadeiro desespero... 

 

Na verdade, nem sempre conseguimos controlar o facto de ter mais dinheiro, mas de alguma forma podemos tentar controlar os nossos gastos... A ideia de ter que trabalhar mais para ganhar mais, está quase sempre subjacente à ideia de não ter tempo para nada, nem para o mais importante.  

 

Este pensamento leva-me à palavra que está agora na moda - O Minimalismo!

 

Mas afinal, o que é ser minimalista? 

No meu ponto de vida, ser minimalista está para além de uma forma de viver, é uma forma de libertação! Libertar de tudo o que é um excesso, com o objetivo de ganhar mais tempo para nós, focar no essencialmente importante!

 

Mas ser minimalista é fácil? 

Na minha opinião, não! O primeiro passo é tentar mudar a nossa forma de pensar, tomando decisões que sejam conscientes. É necessário efetuar um levantamento de tudo o que não é essencial, procurar fazer um consumo mais consciente, saber questionar, incutir a ideia "Trabalhar para enriquecimento pessoal e não para enriquecimento financeiro". 

 

Na realidade, parece fácil mas não é... É importante o foco no investimento na identidade de cada um de nós e dar menos valor aos objetos que temos em nosso redor, reduzindo o stress ligado à perda ou ao desapego, mantendo o que já se possui.

 

E tu, és minimalista ou nem tanto?  

 

 

Desafio 52 Gratidão #3 - Os Amigos

Desafio 52 gratidão #3

 

 

Quem são os teus verdadeiros amigos?

 

Consigo contar os meus amigos pelos dedos de uma só mão … é verdade! São poucos e alguns nem sempre mantenho o contacto regular quanto gostaria, mas sei que estão lá para me darem o ombro para eu chorar ou para me abanarem quando eu preciso.

 

Há pessoas que se tornam nossas amigas nas circunstâncias mais estranhas, há amizades fortes que nem mesmo estando longe os laços se quebram, há amigos mesmo “nossos” amigos, há outros que a vida acaba por revelar os verdadeiros interesses de cada um …

 

Sou grata pelos poucos amigos que tenho, pelo carinho especial que nutro por cada um, pelos momentos que já passei com eles, pelos conselhos que me deram, pelas palavras de coragem e ânimo. Como alguém diria “São poucos, mas bons!” E são mesmo, basta pensar que são meus Amigos ♥

 

 

( Se quiseres participar neste desafio, vê aqui ♥ Podes também acompanhar aqui:  Facebook  ♥  Twitter  ♥  Instagram  ♥  Pinterest )

 

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Grupo Facebook | vidas [quase] perfeitas

Instagram @thesilverwingblog

Mensagens

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D